Infelizmente, a tecnologia na construção civil ainda não viveu o seu momento de boom, como aconteceu em outros setores da economia. Empresas tradicionais, métodos ultrapassados e a falta de visão sobre a urgência para a revolução tecnológica do setor contribuem para isso. Enquanto algumas construtoras e incorporadoras mudaram a maneira como trabalham e viram seus rendimentos aumentarem, outras permaneceram ligadas aos velhos hábitos e ficaram para trás na disputa pelo mercado. Mas como fazer com que o uso de uma nova tecnologia na construção civil dê realmente certo?

Confira 5 dicas fundamentais para que empresas da construção civil obtenham sucesso na implantação de novas tecnologias, seja no canteiro de obras ou dentro do escritório:

1. Escolha o projeto adequado

Se você realmente deseja fazer uma nova tecnologia funcionar na sua equipe, escolha o projeto certo para a implantação do piloto. Em primeiro lugar, escolha um projeto que esteja prestes a ser iniciado, ou um projeto menor e com execução pensada a curto prazo. Isso permite que outros projetos maiores não tomem o tempo e os recursos necessários para a condução adequada do projeto piloto.

Também é necessário escolher se o piloto envolverá toda a equipe da empresa ou apenas os funcionários-chave de cada departamento. Isso ajuda na definição de metas e na coleta de dados à medida em que a nova tecnologia for adotada na rotina de trabalho.

Leia também: Comunicação em projetos de construção: por que você deve se preocupar

Está gostando deste artigo?

Assine nossa newsletter e receba conteúdos como esse direto no seu e-mail

2. Defina problemas, metas e expectativas

O que esperamos de uma experiência tem um enorme impacto sobre o que realmente vamos experienciar. Para começar, envolva toda a equipe necessária no projeto e certifique-se de que todos estão a par das informações importantes, dos prazos e dos objetivos da implantação da nova tecnologia. Desafie os colaboradores a identificar os “pontos de dor” da empresa – ou seja, onde estão os resultados mais críticos – que você gostaria de ver melhorias através da implantação dessa nova tecnologia.

A prioridade é digitalizar os processos existentes, a fim de economizar tempo? Analisar fatores de produção para aumentar a produtividade? Organizar as informações da empresa e facilitar a comunicação entre as equipes? Gerenciar os projetos de maneira horizontal e instantânea? O importante é traçar metas e expectativas realistas com as necessidades da empresa e com o foco principal da tecnologia a ser implementada.

3. Conheça as ferramentas

Antes de iniciar qualquer piloto, é fundamental conhecer a fundo a ferramenta escolhida e as alternativas disponíveis no mercado. Reúna custos de implantação, benefícios, informações sobre usabilidade e sobre o próprio suporte oferecido por quem gerencia a tecnologia.

Compare as vantagens e itens oferecidos por diferentes serviços e, se possível, peça uma demonstração da tecnologia – aqui na Construct, por exemplo, é possível experimentar grátis o Construct App durante 14 dias para conhecer melhor a ferramenta e como ela poderá auxiliar a sua empresa na gestão de equipes e projetos.

Leia também: 7 passos para tornar o uso de novas tecnologias natural e eficiente na sua empresa

4. Treine adequadamente a sua equipe

Depois de seguir todos os passos acima, é hora de iniciar o treinamento da sua equipe. Garanta que todos os funcionários tirem todas as suas dúvidas em relação à tecnologia sendo implantada – afinal de contas, é com ela que eles irão trabalhar diariamente. O domínio da ferramenta e da aplicação da tecnologia surgirá com prática. No entanto, é importante que cada funcionário saiba as funcionalidades oferecidas e o que ele pode e não pode fazer durante a utilização da ferramenta.

5. Valorize o seu negócio

Dependendo da tecnologia sendo implantada, é possível que a sua empresa invista mais de quatro ou cinco dígitos em todos o processo. Por isso, é imprescindível enxergar isso não como um gasto, mas como um investimento no valor de mercado e nas qualidades operacionais do seu próprio negócio. Todos as melhorias trazidas pela nova tecnologia devem ser tratadas como novos valores agregados à sua empresa – afinal de contas, ela serão benefícios também para os atuais e futuros clientes.

Seguindo estes passos, a implantação de tecnologias na construção civil tem mais chances de obter sucesso e de fato contribuir para a melhora da produtividade e até da economia de recursos na sua empresa.