Veja o post do Sienge, o software de gestão da indústria da construção, sobre como se preparar para evitar acidentes de trabalho. A tecnologia pode ser uma grande aliada nessa tarefa!

A segurança de trabalho no canteiro de obras é tão importante quanto projetar, orçar e planejar, afinal esse ambiente de trabalho é um tanto perigoso e ninguém gosta de sofrer ou administrar acidentes. De acordo com o último Anuário Estatístico da Previdência Social, a construção civil é o quinto setor econômico com o maior número de acidentes e o segundo mais letal aos trabalhadores.

Para ficar longe das estatísticas, é preciso seguir algumas recomendações. Veja aqui algumas dicas para melhorar a segurança de trabalho no canteiro de obras:

1- Tenha um profissional de segurança do trabalho no local

Um Técnico de Segurança do Trabalho ou um Engenheiro de Segurança do Trabalho podem fazer a diferença para evitar acidentes no canteiro de obras. Eles são responsáveis por fiscalizar o uso dos equipamentos de segurança, determinar áreas de carga e descarga de materiais, delimitar a rota e a circulação do maquinário pesado e corrigir práticas erradas dos operários que possam prejudicá-los.

2- Faça um bom projeto e um bom planejamento

Um bom projeto, o planejamento de compras de materiais, a organização do canteiro de obras, uso de materiais de boa qualidade, uma equipe de execução qualificada, tudo isso contribui para que os acidentes fiquem bem longe da sua obra. Tenha certeza que a sua equipe de planejamento é competente e tem bom relacionamento com a equipe de execução.

3 – Garanta o uso correto de equipamentos de proteção (EPIs e EPCs)

Segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria da Construção e do Mobiliário (Contricon), o alto número de acidentes de trabalho no setor está relacionado principalmente à falta do uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e Coletiva (EPCs). Daí a importância de a construtora, além de fornecer os dispositivos adequados ao risco de cada atividade, exigir o seu uso e estar atenta às trocas e manutenções. Muitas vezes os operários se recusam a usar o equipamento por acharem que atrapalha os movimentos ou o trabalho, por isso também é importante conscientizar sobre os riscos e não abrir exceções ao uso do material de segurança.

Está gostando deste artigo?

Assine nossa newsletter e receba conteúdos como esse direto no seu e-mail

eBook: Manual de Segurança no Trabalho para a Construção Civil

4- Observe as normas de segurança

Você sabia que existe uma Norma Regulamentadora (NR) que exige a utilização de EPIs no canteiro de obra? Além dela, existem muitas outras normas de segurança que devem ser cumpridas pelas construtoras para garantir a segurança de trabalho no canteiro de obras e evitar multas, como a NR 18 (Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Construção Civil) e NR 35 (Trabalho em Altura). Conheça outras no nosso Guia de Normas da Construção do Sienge para 2016.

5 – Cuide das manutenções preventivas

Um benefício extremamente importante em se realizar revisões preventivas no maquinário utilizado pela construtora é a segurança dos trabalhadores, uma vez que poderão utilizar todos os recursos oferecidos pelos equipamentos sem se preocuparem em sofrer acidentes pelo seu mau funcionamento. Por isso, vale a pena elaborar um planejamento de manutenções preventivas de todas as máquinas e todos os equipamentos que fazem parte do patrimônio da construtora para mantê-los sempre em perfeito estado de funcionamento.

6 – Conte com a tecnologia

Com a tecnologia é possível ganhar agilidade e trazer mais segurança ao canteiro de obras. Você pode contar com softwares de gestão da indústria da construção ou aplicativos, por exemplo. Neles é possível armazenar e consultar relatórios e planilhas com o objetivo de auxiliar a gestão de segurança no canteiro de obras. Isso pode ser feito do escritório, do canteiro ou de onde você estiver por meio de smartphones e tablets, que trazem ainda mais agilidade ao processo. Uma solução tecnológica especializada no segmento de construção civil é a aliada perfeita para essa missão, pois ajuda a acompanhar a saúde dos trabalhadores, controlar equipamentos de proteção, registrar e integrar dados de documentos das NRs – entre muitas outras funcionalidades!

E aí, gostou das nossas dicas? Às vezes esquecemos de detalhes pequenos que podem fazer uma grande diferença no dia a dia do trabalho, não é mesmo? Se você está à procura de mais informações sobre o assunto, acesse o ebook gratuito: Manual da segurança no trabalho para construção civil, parceria entre a Construct e o Sienge.