Depois de escrevermos sobre 8 das construções mais importantes do mundo, chegou a hora de conhecermos 7 dos maiores engenheiros civis da história.

Seja pelos estudos, por obras famosas ou pelo pioneirismo em algumas técnicas construtivas, a nossa lista inclui nomes como Leonardo da Vinci, Robert Maillart e até o brasileiro Francisco Prestes Maia. Confira:

1. Gustave Eiffel (1832-1923)

gustave-eiffel

Com sobrenome bastante familiar, Gustave Eiffel foi o engenheiro responsável pela construção da Torre Eiffel, o maior símbolo arquitetônico e turístico de Paris. Além de engenheiro civil, Gustave também era arquiteto e contribuiu para o projeto de outras construções famosas, como o Viaduto Garabit, na França, e a famosa Estátua da Liberdade (EUA).

Depois de se aposentar como engenheiro, Gustave Eiffel passou a se dedicar a estudos e projetos nas áreas de meteorologia e aerodinâmica. Ao longo de sua carreira, ele foi responsável por vários projetos internacionais, como a Catedral San Pedro de Tacna (Peru), a Estação Ferroviária de Santiago (Chile) e o Farol de São Thomé (Rio de Janeiro, Brasil).

Está gostando deste artigo?

Assine nossa newsletter e receba conteúdos como esse direto no seu e-mail

2. Francisco Prestes Maia (1896-1965)

francisco-prestes-maia

Francisco Prestes foi um grande engenheiro civil, arquiteto, professor e planejador urbano brasileiro. Formado pela Escola Politécnica da USP, Prestes também foi prefeito de São Paulo por três vezes.

Durante seus mandatos, elaborou o projeto de reestruturação da cidade e comandou a construção de importantes obras públicas que facilitariam a circulação e o acesso à capital paulista, hoje reconhecida como uma das maiores metrópoles do mundo.

3. Robert Maillart (1872-1940)

robert-maillart

O engenheiro civil suíço Robert Maillart ficou conhecido por revolucionar o uso do concreto armado em sua época, a partir de elementos como o arco de três articulações, as lajes de assoalho sem emenda e o teto em forma de cogumelo para edifícios industriais.

Entre os trabalhos de destaque de Maillart estão as pontes Salginatobel e Schwandbach (ambas na Suíça), que revolucionaram a estética e a técnica construtiva de pontes e influenciaram uma geração inteira de arquitetos e engenheiros. Em 1991, a ponte Salginatobel foi declarada como um marco histórico da engenharia civil pela Sociedade Americana de Engenheiros Civis.

4. Thomas Telford (1757-1834)

thomas-telford

O escocês Thomas Telford foi engenheiro civil, arquiteto e pedreiro, tendo ganhado destaque na história pela construção de estradas, pontes e canais. Telford comandou diversos projetos de infraestrutura em seu país natal, tendo construído túneis, portos e rodovias, além de 40 igrejas em comunidades do interior.

Com domínio exemplar da maioria das técnicas construtivas da sua época, Thomas Telford ficou conhecido como o “Colosso das Estradas”, e foi o fundador e primeiro presidente da consagrada Instituição de Engenheiros Civis (ICE), com sede em Londres. Ao longo de sua carreira, o engenheiro construiu mais de 30 pontes, grande parte delas no Reino Unido.

5. Elmina Wilson (1870-1918)

elmina-wilson

Aos 24 anos, Elmina Wilson foi a primeira mulher a receber um diploma em Engenharia Civil nos Estados Unidos. Ela também foi a primeira mulher a ingressar como professora na Universidade de Iowa. Seu primeiro trabalho na área foi como assistente no projeto da Marston Water Tower, no campus da própria universidade onde estudava.

Durante os anos na universidade, Elmina ganhou experiência ao trabalhar como voluntária em escritórios de arquitetura e engenharia. Depois de formada, ela publicou diversos artigos e estudos e passou a trabalhar para a Purdy and Henderson, especializada na construção de arranha-céus, e como engenheira estrutural para a John Severn Brown Company. Mais do que isso, Elmina abriu caminhos para que outras mulheres também ingressassem na Engenharia e desafiassem o preconceito contra a presença feminina nas universidades.

6. John Roebling (1806-1869)

john-roebling

Nascido na Alemanha e naturalizado americano, o engenheiro civil John Roebling foi pioneiro na projeção e construção de pontes suspensas a partir de cabos metálicos – incluindo a Brooklyn Bridge, símbolo histórico da engenharia civil dos Estados Unidos.

Especializado na construção de pontes e fundações, Roebling também era arquiteto e comandou a construção de aquedutos, ferrovias e maquinário construtivo.

7. Leonardo da Vinci (1452-1519)

leonardo-davinci

Além de um grande artista, escultor, pintor e cientista, Leonardo da Vinci também era arquiteto e engenheiro. O italiano desenvolveu estudos notáveis na área de estruturas, além de ter projetado uma série de invenções como máquinas, ferramentas construtivas, pontes, bombas hidráulicas e um sistema inteiro para desviar o fluxo do rio Arno, na região da Toscana (Itália).

Apesar de muitos de seus projetos não terem sido construídos, da Vinci merece integrar a nossa lista pelo conjunto da obra. Através de seu legado, o artista influenciou várias gerações de arquitetos, engenheiros civis e mecânicos e profissionais de vários campos de estudo.

 

Quais engenheiros civis você acha que deveriam fazer parte da nossa lista? Compartilhe sua opinião abaixo nos comentários!