A construção civil dá sinais de recuperação. O setor, que encolheu 10% em dois anos e foi um dos mais afetados pela crise econômica, já respira sem ajuda de aparelhos depois de mais um período na UTI. É a hora de estar preparado para novas vagas de construção civil.

A retomada de obras e contratações no setor impulsionam o cenário positivo. E tudo isso chama a atenção de quem procura um emprego na área. Mas como melhorar seu currículo na engenharia para chamar a atenção dos recrutadores?

Qual a sua história?

O primeiro passo é saber contar bem a sua história profissional. Para cada posição que você ocupou, procure detalhar suas principais atribuições e tarefas, que projetos desenvolveu, se participou de cursos e capacitações, experiências no exterior, se gerenciou equipes e como o seu trabalho fez a diferença nas organizações em que trabalhou.

É fundamental exemplificar cada experiência com dados e falar dos resultados que trouxe para a companhia. Se possível, demonstre seus resultados com números. Exemplo: “o projeto que estava sob a minha responsabilidade garantiu 30% de economia na obra”. Se está em início de carreira e ainda não tem muito o que contar, valorize sua formação acadêmica e, se for pertinente, de acordo com o perfil da empresa, vale mencionar até mesmo trabalhos voluntários.

Agora que você já sabe o que precisa escrever para impressionar seu futuro empregador, lembre-se de que o seu currículo na engenharia funciona como a primeira impressão. E é o que fica, não é mesmo? Então, capriche na organização das informações. Seja conciso, atenha-se aos feitos mais importantes de sua trajetória.

Está gostando deste artigo?

Assine nossa newsletter e receba conteúdos como esse direto no seu e-mail

Lembre-se: seu currículo não deve ter mais do que 2 páginas, mesmo que você tenha mais de 20 anos de carreira na construção civil.

Menos é mais

Já falamos sobre concisão no texto, mas a dica vale também para suas informações pessoais. Nada de colocar endereço e número de documentos. Coloque apenas seus dados de contato, como e-mail e celular, e, se seu perfil estiver atualizado, o endereço de sua conta no LinkedIn. Na rede profissional, você pode detalhar um pouco mais sua história, e há a possibilidade de incluir premiações, fotos e vídeos de obras que participou, por exemplo, e até receber recomendações de gerentes e colegas.

Aparência é tudo

Não exibe talentos de designer? O Enhancv pode te dar uma mãozinha. O site disponibiliza modelos pré-prontos de CVs bacanas e moderninhos, basta você preencher com seus dados. Atenção pois na versão gratuita há limite para entrada de informações. Circula pela internet um modelo de CV da Marissa Mayer (veja no final), CEO do Yahoo, nos moldes do que você vai encontrar no Enhancv. Boa dica para quem quer que seu currículo se destaque visualmente na pilha de currículos tradicionais na mesa do recrutador.

Atenção às regras

Faça uma revisão minuciosa do texto para evitar erros de português, seja em concordância ou ortografia. Em geral, os recrutadores são implacáveis nesse quesito. Escorregou na gramática? Seu currículo vai direto para o lixo.

A atuação do engenheiro civil se expandiu para áreas além de somente garantir que as construções sejam estáveis e funcionais. Um bom profissional de engenharia hoje precisa se comunicar bem, ter capacidade de trabalhar em equipe, seja como líder ou liderado, e ainda ter habilidades e competências de gestão e financeiras.

O campo de trabalho de um engenheiro civil é amplo, indo desde fundação, passando por execução de construção, calculista, projetista, até empreendedor, professor e diretor de engenharia civil. Segundo o site nacional de empregos, o Sine, a média salarial de engenheiro civil varia entre R$ 4 mil (iniciante, até dois anos de experiência) a R$ 18 mil (profissional com mais de oito anos de experiência).

Por onde começar?

Uma boa dica para ficar por dentro do mercado é fazer uma consulta no Love Mondays. A ferramenta permite acessar vagas, faixa salarial e visualizar a avaliação de funcionários da empresa que você está analisando. Por exemplo, se você fizer uma busca por salário no Brasil para Engenheiro Civil, é possível ver a média salarial que o profissional ganha no país. E melhor, tudo isso 100% grátis!

E aí, você está pronto para encarar as novas oportunidades do mercado da construção civil? Veja também a relação de melhores sites para buscar empregos de construção civil. Deixe suas dúvidas nos comentários e se conseguir uma nova colocação, volte aqui para dividir a conquista 🙂

Boa sorte!

marissa mayer resume_construct