De acordo com a Abrecon, Associação Brasileira para Reciclagem de Resíduos da Construção Civil e Demolição, o Brasil joga fora R$8 bilhões ao ano por não reciclar os materiais de construção! Com esse número alarmante, há ainda muito espaço para melhorar no gerenciamento de resíduos.

Classificar os resíduos da construção de modo que sejam destinados aos lugares corretos e reaproveitados é uma atitude sustentável – e uma estratégia ótima para diminuir os custos da obra!

Por isso o Sienge preparou este post sobre classificação de resíduos e também um e-book sobre como fazer gerenciamento de resíduos na construção – tudo para você começar a tratar deste importante tema na sua empresa.

Aproveite essas dicas e boa leitura!

Está gostando deste artigo?

Assine nossa newsletter e receba conteúdos como esse direto no seu e-mail