A maioria das pessoas erra quando não inclui um arquiteto no projeto de reforma da casa. O primeiro pensamento é o custo – no entanto, um projeto de decoração sem planejamento e sem a gestão de um profissional pode acabar saindo bem mais caro. Muitos detalhes acabam passando despercebidos quando não há o auxílio de um profissional especializado.

Se o seu objetivo for qualidade e harmonia no resultado final, você vai acabar optando por contratar um arquiteto. Confira a seguir algumas dicas para acertar na hora de contratar um profissional para a sua reforma:

1. Tempo de projeto

Um imóvel novo é motivo de muita alegria. Vê-lo pronto e todo decorado é ainda mais empolgante. No entanto, é preciso tomar cuidado para que essa ansiedade não prejudique o projeto de reforma. Qualquer etapa concluída de maneira apressada pode resultar em sérios problemas futuros, seja na fase de acabamento ou de alvenaria.

Neste momento, a orientação de um arquiteto é fundamental para garantir que o cronograma das obras seja seguido da maneira adequada. Procure entender o que deve ser feito em cada fase do projeto e seja paciente.

2. Pesquise muito

Qualquer contratação necessita de muita pesquisa e referências, e a tecnologia é uma grande aliada nessa busca. Você tem ao alcance das mãos inúmeros sites com diversos profissionais cadastrados, onde você pode realizar consultas de arquitetos e solicitar orçamentos.

Está gostando deste artigo?

Assine nossa newsletter e receba conteúdos como esse direto no seu e-mail

Aproveite para visualizar projetos, buscar referências para o seu próprio projeto, ter uma ideia dos preços e ainda tirar todas as suas dúvidas. Antes de fechar o contrato, converse sobre as opções de pagamento, tempo de duração do projeto e veja como o profissional pode contribuir para o sucesso da sua reforma.

3. Busque arquitetos com o seu estilo

Ao buscar um arquiteto, procure saber qual é o estilo que ele segue. Se você contratar um profissional que ama a linha rústica e você prefere uma decoração clean e clássica é bem provável que o projeto não fique dentro de suas expectativas. O mais indicado, no momento em que estiver realizando a sua busca por um arquiteto, é solicitar fotos de projetos já realizados para que você possa avaliar se o trabalho está de acordo com o estilo que você busca para a sua casa.

Leia também: Tudo que você precisa saber para reformar sua casa e não perder dinheiro

4. Escolha o profissional adequado

Outro detalhe a ser levado em conta durante sua pesquisa é o perfil de atuação do arquiteto. Alguns profissionais optam por trabalhar somente com um determinado público e se especializam somente em projetos residenciais ou comerciais. É bem provável que o próprio arquiteto te informe sobre isso, mas para não correr o risco de contratar o profissional errado, lembre-se de perguntar sobre a sua especialidade e pedir o portfólio para analisar os trabalhos executados.

5. Certifique-se de que entendeu tudo

Para que o projeto seja elaborado dentro de suas necessidades e expectativas é fundamental que você seja muito claro e detalhista com o arquiteto a respeito do que deseja. Descreva todas as suas vontades, pergunte sem medo e esclareça suas dúvidas para não ter problemas depois que a obra tiver começado – ou ainda pior, quando a reforma já estiver finalizada. É melhor demorar um pouco mais para ajustar todo o projeto ao que você realmente deseja do que deixar passar alguma coisa que depois precisará ser refeita.

Pode parecer complicado, mas você verá que deixar seu projeto nas mãos de quem conhece todos as etapas e imprevistos de uma reforma lhe trará muito mais tranquilidade.

 

 

 

Habitissimo | Reformas e Serviços Domésticos