Nos últimos três anos, a construção civil brasileira se transformou em um setor caótico de incertezas, demissões e queda brusca nos níveis de atividade. No entanto, essa realidade faz parte de um cenário bem maior: em 2016, as 250 maiores construtoras internacionais do mundo relataram US$ 468,12 bilhões em receita de contratos fora de seus países de origem – valor 6,4% menor do que o registrado em 2015.

Aqui no Blog Construct, já mostramos quais são as maiores construtoras do Brasil, de acordo com o ranking ITC. Mas quais serão as maiores construtoras do mundo, em uma lista com 250 empresas com atuação em diversos países? Conheça a seguir as 6 maiores construtoras do mundo, de acordo com o ranking 2017 da ENR (Engineering News-Record).

1. Europa: ACS (Actividades de Construcción y Servicios) | Espanha

Sediada em Madrid, na Espanha, o Grupo ACS é a maior construtora do mundo, com projetos em países como Portugal, Chile, Marrocos e Austrália. Fundada em 1997, a construtora é referência mundial na construção e desenvolvimento de projetos de infraestrutura, tanto civis quanto industriais.

Em setembro de 2017, a ACS registrou aumento de 603 milhões de dólares em seus lucros, valor 12,7% maior do que o mesmo período do ano passado. Em termos de portfólio, a construtora possui cerca de 66 milhões de dólares em contratos para executar. Entre diversos prêmios e certificações, a construtora participa do Pacto Mundial da ONU, que visa a construção de um mercado global mais inclusivo e igualitário, e o CEO Florentino Pérez foi eleito um dos melhores do mundo pelo Harvard Business Review de 2016.

2. América do Sul: Odebrecht Engenharia | Brasil

Aqui no Brasil, a Odebrecht tem marcado presença nos noticiários por seu envolvimento em escândalos de corrupção, pagamento de propina e vendas ilegais de contratos. No entanto, a empresa permanece como uma das gigantes do mundo, sendo a maior construtora da América do Sul e ocupando o 27º lugar no ranking mundial da ENR.

Está gostando deste artigo?

Assine nossa newsletter e receba conteúdos como esse direto no seu e-mail

Fundada em 1944 por Norberto Odebrecht, a construtora está presente em 21 países e regiões como Caribe, Moçambique, Portugal, Angola, Venezuela e Oriente Médio. As principais áreas de negócio são Engenharia & Construção, Indústria e no desenvolvimento e operação de projetos de Infraestrutura e Energia. Em 2016, a receita bruta da Odebrecht foi de 89,8 bilhões de reais, faturamento 32% menor do que os 132 bilhões registrados em 2015.

3. Ásia: China Communications Construction | China

A China Communications Construction Group é atualmente a terceira maior construtora do mundo. A empresa com sede em Beijing (China) atua no projeto e construção de infraestruturas de transporte, dragagem e fabricação de maquinaria pesada para a construção civil.

No primeiro semestre de 2017, a construtora registrou receita de quase 65 bilhões de dólares em vendas. O governo da China detém 64% do valor de mercado da empresa, que conta com mais de 120 mil funcionários e quatro subsidiárias com atuação em todo o mundo.

4. América do Norte: Bechtel | Estados Unidos

Com sede em São Francisco, na Califórnia, a americana Bechtel é a quarta maior construtora do mundo. Fundada em 1898, a empresa já completou mais de 25 mil projetos em 160 países, incluindo a construção da gigantesca Represa Hoover, entre os estados de Arizona e Nevada.

Os negócios da Bechtel envolvem projetos de infraestrutura, nuclear, segurança e meio ambiente, petróleo, gás e produtos químicos, e mineração e metais. A construtora já investiu mais de 20 milhões de dólares em novas tecnologias, como drones, realidade aumentada, equipamentos autônomos, sensores vestíveis e andaimes infláveis. Em 2016, a receita da Bechtel foi de 33 bilhões de dólares.

5. África: The Arab Contractors Co. | Egito

Fundada em 1955 e empregando cerca de 77 mil funcionários, a Arab Contractors Co. ocupa o 100º lugar no ranking mundial das maiores construtoras do mundo, sendo a maior do continente africano. Com presença em mais de 30 países, a empresa possui atuação diversificada na construção de edifícios, pontes, estradas, aeroportos, habitações, usinas, hospitais e fabricação de estruturas de aço.

A construtora foi responsável pela construção da Represa Aswan, que foi construída para conter as fortes inundações do rio Nilo e levar água de maneira efetiva ao território do Egito.

6. Oceania: Cimic | Austrália

Com operações na Austrália, Sudeste Asiático, Nova Zelândia e Oriente Médio, a Cimic é a 17ª maior construtora do mundo. Fundada em 1949 como Leighton Holdings, a Cimic atua nas indústrias de telecomunicações, engenharia, infraestrutura, propriedades, mineração e recursos e serviços ambientais.

A empresa encerrou 2016 com lucro líquido de 580 milhões de dólares e quase 500 projetos ativos. Cerca de 70% das ações do Grupo Cimic são detidas pela construtora alemã Hochtief, que por sua vez é de propriedade do Grupo ACS.

 

Confira o ranking completo da ENR com as 250 maiores construtoras do mundo neste link.