Aqui no Brasil, ouvimos falar com frequência sobre obras de engenharia que estão atrasadas, superfaturadas ou que apresentaram erros após a execução. No entanto, alguns projetos se destacam de forma positiva na indústria da construção civil, seja pelo tamanho, materiais usados, pioneirismo ou sustentabilidade.

Confira abaixo 6 das maiores obras de engenharia civil do Brasil – algumas delas com importância internacional.

1. Edifício Millennium Pallace | Balneário Camboriú (SC)

Com 177 metros de altura e 46 andares, o Millenium Palace é o edifício mais alto do Brasil. Inaugurado em 2014, a construção superou o edifício Mirante do Vale, em São Paulo, que ocupou o posto de prédio mais alto do país durante 48 anos.

A fachada do Millennium Palace conta com 1800 m³ de peças de Poliestireno Expandido (EPS) moldado. Com apenas um apartamento por andar, piscina privativa e 3,5 metros de pé direito, cada apartamento chega a custar 10 milhões de reais.

Está gostando deste artigo?

Assine nossa newsletter e receba conteúdos como esse direto no seu e-mail

Leia também: 7 dos maiores engenheiros civis da história

2. Cidade Administrativa de Minas Gerais | Belo Horizonte (MG)

A sede oficial do governo do Estado de Minas Gerais, foi inaugurada em 2010 e conta com o maior prédio de concreto protendido suspenso do mundo. Com 270.000 m² de área construída e seis edificações principais, a Cidade Administrativa abriga secretarias do estado, centro de convivência, auditório, prédio de serviços, heliponto, praças de alimentação e restaurantes.

O projeto foi elaborado pelo arquiteto Oscar Niemeyer. O Palácio Tiradentes, o maior dos seis edifícios que compõem o complexo, é o maior prédio de concreto protendido suspenso do mundo, com vão livre de 147 metros de comprimento e 26 metros de largura. A Cidade Administrativa também é a única no Brasil considerada sustentável, com a presença de sensores fotossensíveis em todos os edifícios, sistema de esgoto que reduz em 85% o consumo de água, coleta seletiva e acessibilidade.

3. Ponte Rio-Niterói | Rio de Janeiro (RJ)

Localizada na baía de Guanabara (RJ), a Ponte Rio-Niterói é a maior ponte de concreto protendido no Hemisfério Sul e a sexta maior do mundo. Inaugurada em 1974, ela possui 13,29km de comprimento total e 72 metros de altura no maior pilar.

Mais de 2.150 km de cabos estão presentes no interior da estrutura da ponte. O vão central também é o maior vão em viga reta contínua do mundo, com 300 metros de comprimento. De acordo com os engenheiros responsáveis, o maior desafio foi construir os 9km da ponte erguidos sobre o mar, que demandaram uma perfuração profunda no subsolo oceânico para encontrar um terreno rochoso que fosse capaz de suportar o peso da estrutura.

4. Usina Hidrelétrica de Itaipu | Foz do Iguaçu (PR)

A Usina de Itaipu é a segunda maior hidrelétrica do mundo, perdendo só para a hidrelétrica de Três Gargantas, na China, que foi inaugurada em 2012. Com projeto de Niemeyer, Itaipu foi inaugurada em 1984 e, até hoje, sua gestão é compartilhada entre Brasil e Paraguai.

Ao final das obras, foram usados 12.570.000 m3 de concreto, além da participação de 40.000 trabalhadores diretos. Com 196 metros de altura, comprimento total de 7.919 metros e 1.350 km² de área alagada, ela é capaz de gerar 14 mil megawatts por hora. À época, o custo do projeto foi de cerca de US$ 14 bilhões.

Leia também: 8 das construções mais importantes do mundo

5. Projeto de Integração do Rio São Francisco | Região Nordeste

O projeto de transposição do rio São Francisco foi eleito um dos maiores projetos de infraestrutura do mundo, pela consultoria internacional KPMG. As obras têm o objetivo de levar água para mais de 12 milhões de pessoas que moram em 390 municípios do Nordeste do país.

É também a maior obra de infraestrutura hídrica do país, com a previsão de construir mais de 700 quilômetros de canais de concreto em dois grandes eixos – norte e leste (que foi inaugurado em março de 2017) – com a construção de 27 reservatórios, 4 túneis, 14 aquedutos e 9 estações de bombeamento.

6. Viaduto 13 | Vespasiano Corrêa (RS)

Também conhecido como Viaduto do Exército, o Viaduto 13 é o mais alto das Américas e o terceiro mais alto do mundo, perdendo apenas para o viaduto Mala Rijeka, que fica em Montenegro, e a ponte de Beipanjiang, na China. Com 143 metros de altura e 509 de extensão, suas fundações são do tipo sapata corrida e estão enterradas a 21 metros abaixo do nível do solo. Os pilares são formados por quatro paredes de 80 centímetros de espessura.

O Viaduto foi inaugurado em 1978 e faz parte da Ferrovia do Trigo, no trecho que conecta as cidades de Muçum e Vespasiano Corrêa.

 

Na sua opinião, quais outras obras de engenharia devem fazer parte da nossa lista? Compartilhe sua opinião nos comentários!