Contratações do setor, queda no preço de imóveis, Semana da Engenharia e muito mais: confira as principais notícias da semana e fique em dia com as novidades no mercado da construção civil.

Em crise, construção civil tem o menor número de trabalhadores em cinco anos

De acordo com a última pesquisa feita pelo IBGE, no segundo trimestre de 2017 (abril a junho) o estado de Mato Grosso do Sul havia apenas 101 mil profissionais de construção civil empregados. O valor é o menor em cinco anos.

A pesquisa também mostrou que a remuneração dos trabalhadores do setor também diminuiu: o rendimento médio foi de R$ 1.739 no período avaliado. Pelos dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) a construção acumula saldo negativo de 601 empregos, resultado de 14.127 contratações e 14.728 demissões.

Autoridades discutem reaquecimento no setor da construção civil

O governo de Mato Grosso, a Caixa Econômica Federal (CEF), e o Sinduscon-MT assinaram um termo de retorno das obras do projeto “Minha Casa, Minha Vida” no estado. Com isso, cerca de 3 mil unidades habitacionais terão suas obras concluídas, beneficiando famílias e contribuindo para a geração de empregos na construção civil.

Com as mudanças para aquisição dos imóveis por meio do programa, a contrapartida passou de 10% para 20% do valor total a ser financiado. Os deputados do Mato Grosso solicitaram à Caixa Econômica que a porcentagem voltasse aos 10%, valor acessível para um número bem maior de famílias.

Está gostando deste artigo?

Assine nossa newsletter e receba conteúdos como esse direto no seu e-mail

Mackenzie realiza semana de Engenharia em São Paulo

Dos dias 21 a 25 de agosto, a Universidade Mackenzie realizará a XXIX Semana de Engenharia e Tecnologia, com o tema “O protagonismo da Ciência na evolução da Engenharia e Tecnologia”. O evento reunirá pesquisadores e especialistas de grandes empresas, como a Petrobras e o Instituto Brasileiro de Impermeabilização.

Clique aqui para conferir a programação do evento, que contará com palestras como “Grafeno e outros materiais 2D: desafios e oportunidades” e “Reforços estruturais em fibras de carbono”.

Preço do imóvel está em queda livre em Belo Horizonte

A pesquisa Dados do Mercado Imobiliário (VivaReal) indicou que o preço dos imóveis residenciais em Belo Horizonte (MG) está em queda. Em julho, o valor médio do metro quadrado na capital mineira fechou em R$ 4.588 – redução de 0,43% no acumulado de 2017. A média nacional é de R$ 4.844.

A expectativa é que, com a melhora do setor, os preços continuem caindo, o que deve impulsionar as vendas ainda mais as vendas dos imóveis “encalhados” por conta da crise econômica.

Desemprego e crise na engenharia leva Crea a fazer campanha de conciliação

Diante da crise e da redução nos postos de emprego, o CREA do Amazonas decidiu realizar uma campanha de conciliação durante o mês de agosto. O objetivo é dar aos profissionais e empresas do setor a oportunidade de negociarem dívidas de anuidades e infrações, para que fiquem com situação regular e possam atuar no mercado.

 

Confira também o post mais acesso da semana no Blog Construct6 benefícios da inspeção de obras na construção civil