Para desenvolver o aplicativo de comunicação Construct App, temos uma equipe multidisciplinar, formada por profissionais talentosos e que estão sempre em busca de crescimento e aperfeiçoamento. Uma das características mais bacanas da nossa cultura é que estudamos muito e gostamos de compartilhar conhecimento as descobertas uns com os outros. A partir deste mês, decidimos passar a compartilhar também com nossos leitores do Blog e seguidores nas redes sociais o que estamos lendo. Esperamos também abrir um canal com nosso púbilco e também receber suas sugestões de leituras e aprendizados.

Confira:

Oportunidades disfarçadas – Carlos Domingos

“O que se destacou no livro foi a existência de muitos cases de empresas reais, e isso me fez perceber que, ao contrário do que se pensa, muitos produtos que consumimos hoje não foram criados com facilidade, ou foram criados até mesmo com outro propósito inicial. O que eu mais gostei foi o fato de que o livro mostra capítulo a capítulo como as oportunidades podem estar em lugares que não imaginamos — como nas crises, na concorrência, nos fracassos e também nos momentos de calmaria. A leitura me ensinou a não desistir de buscar oportunidades e a tentar olhar para as situações com outro olhar.”
Mariana Peres, Relacionamento com o Cliente

12 minutos

“A plataforma 12 minutos possui vários microbooks para leituras rápidas. Cada microbook é um resumo com os conceitos chave de um livro importante para várias áreas de conhecimento. Uma possibilidade de ler bons conteúdos e aprender um pouco a cada dia, sem gastar muito tempo.

Apesar dos resumos não serem 100% bem escritos, eles dão um bom overview do conteúdo — pode ser interessante até para confirmar se você vai gostar mesmo de um livro ou não, e a partir daí, procurar a obra completa para ler.”
Otávio Vianna, Executivo de Contas

Está gostando deste artigo?

Assine nossa newsletter e receba conteúdos como esse direto no seu e-mail

An Astronaut’s Guide to Life on Earth – Chris Hadfield

“O livro é como uma autobiografia do astronauta canadense Chris Hadfield, que ficou famoso postando fotos e vídeos da Estação Espacial Internacional. Ele conta sua jornada desde os 9 anos quando “viu” Neil Armstrong pisar na lua, e lista alguns pontos muito interessantes que podem ser levados tanto para a vida pessoal quanto para o trabalho — como sempre estar preparado para o pior, dominar suas emoções e agir racionalmente, escolher quem você quer por perto e, no caso dele, ser feliz no caminho de se tornar um astronauta, e não somente ao ir para o espaço.”
Bruno Santos, Desenvolvedor Android

Mining for leadership with lean management

“Dois representantes da consultoria McKinsey no Chile entrevistam três executivos da mineradora SQM, que extrai minérios no deserto do Atacama. Eles falam sobre como a empresa conseguiu se reinventar durante o período de forte queda da demanda global pelos minérios, a partir de 2013. Aqui na Construct temos muito interesse em dois dos temas principais abordados nessa entrevista: operações complexas, que envolvem trabalho de equipes multitarefas em campo (assim como na construção civil), e eficiência em gestão de pessoas, especialmente nesse tipo de operação.

Os principais problemas descritos pelos executivos antes dessa espécie de choque de gestão e da adoção de conceitos de lean management me chamaram atenção pela semelhança com o que conhecemos sobre o setor de construção civil:

  • A característica cíclica: a cada 5 ou 7 anos a empresa se via empenhada em algum grande esforço de redução de custos e de mudanças de processos para se adequar ao período de desaceleração.
  • Com o alto nível de especialização demandado pela SQM, a empresa ficou dependente de profissionais-chave, como se fossem “artistas” insubstituíveis. Era comum a performance cair quando alguma dessas pessoas saía de férias em um momento crítico, por exemplo. Isso tornava a empresa muito vulnerável.
  • A importância do papel da liderança. Após uma visita a uma empresa semelhante nos EUA e um período de reflexão, os executivos perceberam que precisavam de mudanças profundas em seus níveis de liderança na empresa, e deixar de pensar que tinham problemas de mão-de-obra. Exatamente um dos princípios que destacamos no eBook Como gerenciar equipes altamente produtivas na construção civil.

Leitura mais do que recomendada para gestores na construção civil e entusiastas do Lean Management. Para empresas que, como a SQM, buscam soluções mais duradouras para ganhar produtividade e eficiência, capazes de atravessar períodos de crise como os que vivemos hoje no Brasil.”
Luciene Antunes, Diretora de Marketing

Construction Technology Report

“Quando a gigante Procore atingiu valor de marcado maior que 1 bilhão de dólares e a Textura foi comprada pela Oracle por 650 milhões, o Silicon Valley finalmente acordou para o potencial da tecnologia na construção civil.  O mobile ainda é crucial, mas as empresas de construção querem sistemas móveis ainda mais completos. A necessidade de sistemas integrados que matam silos de informações está levando a isso. Aplicativos de gerenciamento de projetos subiram já são mais importantes do que aplicativos de coleta de dados em campo.

O relatório anual de tecnologia da construção trata justamente dos desafios e oportunidades que as inovações desenvolvidas na área passaram a enfrentar: apesar da necessidade por apps cada vez mais inteligentes, os gestores da construção civil ainda apresentam resistência e continuam usando itens como planilhas físicas e até seus telefones pessoais para a realização de muitas tarefas.

A construção civil está ficando velha em termos demográficos, é uma indústria tradicional e hierárquica. Os gestores não possuem um responsável pela tecnologia de informação de suas empresas, mas acabam gastando muito mais com essa área do que deveriam. É preciso mostrar que é necessário fazer mais com menos.”
Drew Beaurline, CEO da Construct

Não deixe de conhecer também nossos eBooks gratuitos.

Já leu algum desses conteúdos? O que achou? Que outras leituras você gostaria de compartilhar com a gente? Deixe aqui nos comentários! 🙂