A revista americana Global Construction preparou uma lista com os atuais prédios mais caros do mundo – e os resultados são surpreendentes. Confira:

10. Princess Tower – Dubai, Emirados Árabes | US$ 2,17 bilhões

os prédios mais caros do mundo

Desde Maio de 2012, a Princess Tower, em Dubai com 414 metros de altura, é o maior prédio residencial no mundo, de acordo com o Guinness World Records. Depois do famoso Burj Khalifa (prédio mais alto do mundo), a Princess Tower é o segundo maior prédio de Dubai, com 763 unidade residenciais de um, dois, ou três quartos, duplexes e coberturas de alto padrão. A construção da Princess Tower pela Tameer Holding Investment começou em 2006 e foi finalizada em julho de 2012.

9. City of Dreams – Macau, China | US$ 2,4 bilhões

city-of-dreams

A City of Dreams, avaliada em US$ 2,4 bilhões, combina hotel com cassino em quatro torres desenhadas em formato de pódium. Nessas torres, ficam o Crown Towers Hotel, o Hard Rock Hotel, e o Grand Hyatt Macau (que ocupa duas torres). O ‘pódium’ de três andares abriga mais de 200 lojas e 130.000 metros quadrados de cassino. Uma quinta torre está sendo construída, sob o comando da arquiteta Zaha Hadid, com previsão de conclusão em 2017. A nova construção terá 40 andares e 780 quartos, suítes, e vilas suspensas.

Está gostando deste artigo?

Assine nossa newsletter e receba conteúdos como esse direto no seu e-mail

8. Venetian Macau – Macau, China | US$ 2,4 bilhões

the-venetian-macau

Localizado exatamente em frente ao prédio número 9 da nossa lista, City of Dreams, o Venetian Macau é o maior cassino do mundo e o sétimo maior prédio do mundo, por área. O resort, que foi oficialmente aberto em 28 de agosto de 2007, tem 170.000 metros quadrados de cassino, com 3.400 máquinas, 800 mesas de apostas e a CotaiArena, com 15.000 lugares, para sediar eventos de entretenimento e esportivos. O resort é conhecido por seu luxo e exuberância, incluindo a suíte presidencial, com quatro quartos, projetada pelo renomado escritório de arquitetura Aedas and HKS, Inc.

7. Wynn Resort – Las Vegas, Estados Unidos | US$ 2,7 bilhões

wynn-resort

Com uma extensão de aproximadamente 2.500.000 metros quadrados, o resort de 2,7 bilhões de dólares é o sexto maior hotel do mundo. Batizado em homenagem ao desenvolvedor de cassinos Steve Wynn, o resort já recebeu diversos prêmios, como AAA Five Diamond, Mobil Cinco Estrelas, Forbes Cinco Estrelas, e Michelin Cinco Estrelas. O Wynn também introduziu diversas inovações, como ser o primeiro cassino de Las Vegas a ter uma concessionária de veículos e o primeiro a combinar o cartão chave de quarto com o cartão de jogador frequente do cassino.

O desenvolvimento do projeto foi anunciado em agosto de 2001 e a conclusão da construção foi em 2005. Existem planos para uma expansão em 2020, o Wynn Paradise Park, com o custo de US$1,5 bilhões, incluindo uma nova área com lagoa, de mais de 145.000 metros quadrados.

6. One World Trade Center – Nova York, Estados Unidos | US$ 3,8 bilhões

O One World Trade Center, na cidade de  Nova York, conhecido como a “Torre da Liberdade” foi concluído em 2013, com a proposta de substituir e celebrar as torres gêmeas do original World Trade Center, derrubadas durante os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001. Além de servir como uma forte memória das torres gêmeas originais, a Torre da Liberdade também serve como um pólo industrial, já que está conectada a 11 linhas de metrô de Nova York e abriga 71 andares de escritórios. A estrutura de concreto e aço foi desenhada pelo arquiteto David Childs, e abriga o 9/11 Memorial Museum e quase 17.000 metros quadrados de espaço comercial.

5. Cosmopolitan of Las Vegas – Las Vegas, Estados Unidos | US$ 3,9 bilhões

cosmopolitan-las-vegas

O Cosmopolitan of Las Vegas é um cassino, hotel e resort de luxo localizado no Las Vegas Strip. Ele consiste em duas torres de 184 metros de altura cada uma.  Apesar de ter sido construído pela rede de bancos alemã Deutsche Bank, o complexo foi vendido para o grupo novaiorquino Blackstone Group Corporation por US$ 1,73 bilhões, menos da metade do preço original da construção. Mesmo com sua localização privilegiada e suas credenciais para jogos, o resort ainda é considerado um fracasso financeiro, após ter falido em 2008.

4. Emirates Palace – Abu Dhabi, Emirados Árabes | US$ 3,9 bilhões

emirates-palace

Inaugurado em 2005 e desenhado pelo arquiteto britânico John Elliot, o resort de sete estrelas Emirates Palace está localizado em Abu Dhabi e serve como palácio oficial para a hospedagem do Governo de Abu Dhabi, se estendendo por 850.000 metros quadrados. O palácio, que foi construído com o intuito de divulgar a hospitalidade luxuosa e a cultura árabe, inclui 110.000 metros cúbicos de 13 diferentes tipos de mármore provenientes da China, Índia, Itália e Espanha, além de também ostentar 1.002 lustres de cristal Swarovski.

3. Resorts World Sentosa – Singapura | US$ 4,93 bilhões

resort-world-sentosa

O empreendimento Resorts World Sentosa, construído pelo conglomerado malásio Genting Group, consiste em hotéis, cassinos e várias atrações, como o parque temático Universal Studios. Um oceanário integrado ao resort ocupa uma área de 81.000 metros quadrados e é o maior do mundo, com mais de 100.000 animais, de mais de 800 espécies. Apesar da construção inicial ter ficado pronta em 2009, o Resorts World Sentosa continuou a se expandir incluindo a construção do The Marine Life Park, em novembro de 2012.

2. Marina Bay Sands – Marina Bay, Singapura | US$ 5,5 bilhões

marina-bay-sands

Com o custo de US$ 5,5 bilhões, o Marina Bay Sands é o mais caro resort já construído. A contrução é composta por três torres conectadas, de 55 andares cada, e está situada em uma área de aproximadamente 153.000 metros quadrados, abrigando o mais caro cassino independente do mundo. A construção foi finalizada em 2010, um ano depois do planejado, dado o aumento exponencial do custo dos materiais de construção e a escassez de trabalhadores. Foi feito pela construtora Ssangyong Engineering and Construction, com o desenho de Moshe Safdie. A arquitetura e o design do resort foram aprovados por consultores de feng shui.

1. Abraj Al Bait – Meca, Arábia Saudita | US$ 15 bilhões

Abraj-Al-Bait

Com altura de 601 metros, Abraj Al Bait é o hotel mais alto do mundo, com uma área de 1.500.000 metros quadrados e capacidade para 100.000 hóspedes. Também conhecido como Makkah Royal Clock Tower, o complexo foi desenhado pelo grupo de arquitetura Dar Al-Handasah, sediado no Líbano. É composto pelo maior e mais alto relógio do mundo, posicionado a uma altura de 530 metros e medindo 43 metros de diâmetro. Alguns dizem que o relógio pode ser visto a mais de 30 quilômetros de distância.

A parte superior do relógio foi desenhada pelo escritório de arquitetura alemão SL Rasch. O edifício ostenta no topo uma lua crescente de 23 metros de altura, feita de um mosaico de ouro sustentado por fibra de vidro.