Nos últimos anos, a construção civil tem enfrentado uma série de mudanças relativas à modernização e automação. Nem todas as inovações são 100% aplicáveis no mercado e vão acabar ficando para trás — no entanto, algumas já têm dado certo e devem ganhar cada vez mais espaço na mídia e nas construtoras e incorporadoras.

Conheça 4 tecnologias na construção civil que já têm sido utilizadas em grande escala e prometem fazer parte do futuro do setor, agilizando processos e conectando projetos, equipamentos e profissionais:

1. Internet das Coisas

Tecnologia na construção civil: 4 novidades para o futuro (e o presente)

O termo Internet das Coisas (IoT) se refere à criação de cada vez mais dispositivos conectados à internet — desde geladeiras, TV’s, lâmpadas e até óculos. Isso permite a comunicação instantânea entre o usuário e o fornecedor do serviço — o que é bastante útil na construção civil, onde os canteiros de obra ainda utilizam meios de gestão tradicionais e incompatíveis com a modernização geral dos processos em outros setores.

No futuro, a Internet das Coisas, juntamente com o big data, permitirá que os engenheiros coletem e compartilhem informações avançadas em tempo real, além de automatizarem serviços como pedidos de materiais.

Está gostando deste artigo?

Assine nossa newsletter e receba conteúdos como esse direto no seu e-mail

2. Estruturas modulares

Tecnologia na construção civil: 4 novidades para o futuro (e o presente)

Além de mais baratas e dispensarem a utilização de insumos à base de água, as estruturas modulares possuem montagem mais rápida que a construção convencional. Atualmente, a técnica já é utilizada na construção de casas, mas no futuro certamente iremos encontrar as estruturas modulares em uma variedade muito maior de construções — como edifícios e pontes.

Um exemplo da proporção que a construção modular vai alcançar em breve são as estradas pré-fabricadas. Uma empresa holandesa, por exemplo, desenvolveu uma estrada plástica a partir de materiais recicláveis — além de sustentáveis, os módulos demoram apenas alguns dias para serem construídos, e a vida útil é 2 a 3 vezes maior que a das estradas tradicionais.

 

Alguns cursos de Engenharia Civil também já estão inserindo a construção modular na grade de ensino — como a Universidade de Norwich, nos Estados Unidos. O que começou como tendência já tem lugar permanente na construção civil.

3. Connected Sites

Tecnologia na construção civil: 4 novidades para o futuro (e o presente)

O conceito de Connected Sites envolve a comunicação instantânea entre equipamentos de obra, escritório e operadores. Com a tecnologia, será possível oferecer assistência aos trabalhadores de maneira remota e instantânea, agilizando o trabalho em campo e interligando todos os equipamentos e ferramentas necessárias.

Do escritório, é possível monitorar tudo que acontece no local da obra, gerenciando máquinas, recebendo informações sobre materiais recebidos e até mesmo enviar modelos 3D e correções no projeto, que serão lidos em forma de dados pelos equipamentos.

Leia também: Inovação na construção civil: 7 novidades que você precisa conhecer

4. Tecnologia BIM e construção baseada em modelos

Tecnologia na construção civil: 4 novidades para o futuro (e o presente)

A tecnologia BIM (Building Information Modeling) é baseada na criação de modelos virtuais precisos um projeto construtivo. A tendência é que o BIM seja cada vez mais utilizado como base na construção civil, possibilitando um controle inteligente e conectado das diversas etapas produtivas até a entrega da construção. Assim, as plantas e projetos no papel tendem a desaparecer, dando lugar aos modelos digitais que podem ser acessados e interpretados igualmente por todos os membros da equipe.

 

O que você acha da adoção permanente dessas tecnologias na construção civil? Compartilhe sua opinião abaixo 🙂